Sentadas mas Caladinhas

A cultura japonesa tem as suas reconhecidas particularidades: um enorme rigor e devoção pelo trabalho (o que lhe tem proporcionado progressos notáveis na sua economia e desenvolvimento tecnológico) e um respeito por regras morais que se confundem, não poucas vezes, com os seus ancestrais hábitos religiosos. Por isso, manter relações económicas, culturais ou outras com o Japão obriga todos os países a cuidarem dos seus comportamentos e a compreenderem a forma de pensar dos seus interlocutores.

Na última semana veio à luz do dia um incidente que espelha bem o que acabo de dizer. O Presidente do Comité Organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 (já adiados para 2021 por causa da pandemia), Yoshiro Mori, deixou-se resvalar para um “notável” comentário, talvez de acordo com a sua idade (83 anos) e com a forma de pensar do partido político a que pertence (o Partido Liberal Democrata), dizendo que “a presença de mulheres em reuniões executivas era muito problemática pelo facto de gostarem de falar muito. Quando uma mulher fala as outras também querem falar e isso faz-nos perder imenso tempo. Poderão estar presentes nas reuniões mas, por favor, não falem.” Mesmo ao abrigo dos ancestrais hábitos nipónicos o homem não resisitiu aos comentários mundiais que logo surgiram e teve que apresentar a demissão do seu cargo (mesmo tentando ainda apontar para o cargo um seu amigo, Saburo Kawabuchi, oriundo da Associação de Futebol do Japão) . Disse que tinha dito um disparate involuntariamente e pedia desculpa por tal facto. Parece que não se terá livrado dos comentários domésticos da mulher e da filha…

Foi de imediato substituido por uma mulher, já Ministra para as Atividades Olímpicas e pertencente ao mesmo Partido político, Seiko Hashimoto.

Seiko Hashimoto foi uma importante atleta olímpica nas modalidades de ciclismo de pista e patinagem no gelo (corridas). Participou nos Jogos Olímpicos de 1984, 88, 92, 94 e 96, uns de verão e outros de inverno. Nos Jogos de 1992, em Albertville, ganhou uma medalha de bronze na prova de 1500 metros de corrida no gelo. Agora com 57 anos integra o Partido Liberal e foi nomeada para o cargo do seu antecessor Yoshiro. Disse que voltava, agora não como atleta, mas com forte vontade e a responsabilidade de que os Jogos se realizem este ano. No Japão, como em alguns outros países, os cargos olímpicos são de natureza política e os partidos no poder gerem nacionalmente os respetivos Comités. Não é o que se passa na maioria dos países (como, por exemplo, em Portugal) em que os Comités têm autonomia associativa própria, embora com reconhecimento dos respetivos governos. O Secretário Geral do Partido Liberal Democrata, Toshihiro Nikai, tornou claro que as mulheres incluindo órgãos partidários devem ser “vistas mas não ouvidas”. Normalmente são 5 mulheres em executivos com mais 12 homens. Mas convém que estejam “sentadas mas caladinhas”.

Após esta substituição, Thomas Bach, Presidente do Comité Olímpico Internacional, comentou, rápida e alegremente, que “a indicação de uma mulher como Presidente do Comité Organizador dos Jogos de Tóquio 2020 enviava um sinal muito importante no que respeita à igualdade de género”. A realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020/21 continua a ser uma equação de dificílima resolução. Os progressos no combate à pandemia ainda são incertos e, de acordo com uma recente sondagem de opinião, cerca de 80% dos japoneses preferem o cancelamento ou novo adiamento dos Jogos. É preciso conhecer bem os Movimentos Olímpicos para se perceber os enormes danos, financeiros, políticos, desportivos e sociais, que resultam de todo este atropelo pandémico de uns Jogos cujos moldes de realização já andam, há anos, a ser reconsiderados.

Mas estes Jogos, se se realizarem, já deixarão uma marca indelével para a posteridade: a de que “mulheres sentadas e caladas” não é coisa que se aceite. Julgo que por cá já tínhamos percebido isso…

Um pensamento sobre “Sentadas mas Caladinhas

  1. Falar de mais, não deixar os outros falar ou fazer interrupções para perturbar a palavra ou o raciocínio de terceiros é, infelizmente, uma má qualidade comum aos dois géneros

    Liked by 1 person

Deixe um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s