Recordações Curiosas – 2

Miguel Maia em Sydney

O voleibolista Miguel Maia faz hoje 50 anos de vida. Para além de voleibolista Miguel Maia é um Desportista em todo o significado da palavra, uma personalidade cativante, modesta, eticamente irrepreensível, em resumo, um Homem em quem se pode confiar.

Conheci-o pessoalmente e com bastante intimidade antes e durante os Jogos Olímpicos de Sydney 2000. De entre a delegação de 62 atletas que constituiam a equipa portuguesa foi o escolhido para porta estandarte na Cerimónia de Abertura dos Jogos. Foi, julgo, uma excelente homenagem ao Atleta, à modalidade, o Voleibol, já com uma presença em Jogos Olímpicos (Atlanta 1996) e também à disciplina de Volei de Praia que muita gente ainda nem sequer conhecia. É, para mim, uma Recordação muito saborosa e sei que também para ele foram momentos inesquecíveis.

Miguel Maia e João Brenha durante um treino em Sydney

Sei que todos estes factos lhe são muito caros pelo que li na sua entrevista ao Jornal Record de hoje:

Cito a sua resposta à pergunta do que teria sido mais marcante, o 4º lugar obtido ou ser porta-estandarte nos Jogos:

Foi tudo marcante. Chegar aos Jogos Olímpicos é um marco histórico, ainda por cima no voleibol de praia. Eu e o João nunca sonhávamos que poderíamos estar nos Jogos Olímpicos e conseguimos. Fomos pioneiros. Depois, as prestações que tivemos também nos catapultaram para as primeiras páginas dos jornais, para as televisões, despertámos Portugal para o voleibol de praia. E, depois, ser porta-estandarte foi um momento único, um momento que ficará para sempre na minha memória. Esperámos quatro horas para entrarmos no Estádio Olímpico, depois anunciaram Portugal a entrar, eu vou com a bandeira e sei que o mundo está todo a ver. Foi um momento único mas que traduziu o trabalho que eu fiz e ainda representou as pessoas que me ajudaram na carreira.

A sua longevidade desportiva só pode ser resultado de uma vida disciplinada e de dedicação à sua modalidade. Sai agora do Sporting, onde foi campeão, e volta às suas origens de Espinho onde já joga o seu filho e com o qual, aliás, já se defrontou. A sua vida desportiva é bem conhecida e estou certo que irá continuar por muito tempo, como atleta, treinador ou dirigente. Tudo lhe caberá bem porque as suas aptidões humanas são muitas.

Para mim este texto serve de excelente recordação do convívio com um Atleta que preza o Desporto.

No Dia do seu 50º Aniversário resta-me dizer-lhe: MUITOS PARABÉNS MIGUEL MAIA!

Um pensamento sobre “Recordações Curiosas – 2

Deixe um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s