Qual a Vista da Nossa Janela?

Todos nós nos lembramos do que víamos das janelas das nossas casas. A vida foi passando e, possivelmente, as nossas residências também foram mudando. Há quem tenha nascido numa casa onde acaba por viver toda a vida. Quase não precisa de abrir a janela para ver o que se passa lá fora. Talvez isso seja … Continuar a ler Qual a Vista da Nossa Janela?

Pedreiras de Xisto – Foz Côa

https://youtu.be/nblKLh83zy4 Longe, vão os tempos das aulas de geologia onde aprendíamos as formas de clivagem dos minerais que nos era dado a conhecer, por vezes, numa forma pouco atractiva. Uma forma pouco convidativa para quem ainda não sentia a beleza destes fenómenos da Natureza. Íamos fixando os planos de clivagem cúbicos, os romboédricos e os … Continuar a ler Pedreiras de Xisto – Foz Côa

PUBLICAÇÕES DO BLOGUE

Como é do conhecimento dos amigos que ainda têm a paciência e a gentileza de ir lendo o que se escreve neste blogue, as nossas pequenas intervenções têm feito o seu caminho e, segundo esperamos, continuarão a fazê-lo. Estamos a caminho dos 650 textos desde que inaugurámos os "Velhos São os Trapos". Os que foram … Continuar a ler PUBLICAÇÕES DO BLOGUE

REGIÕES IMAGINÁRIAS

É bem verdade, realmente. Nenhum de nós se lembra do dia em que nasceu. Fica a sabê-lo depois de lho dizerem (e, normalmente, é verdade). Mas do acto em si, de espreitar e ver se é coisa que lhe convenha, não há memória que tenha acontecido. Outra coisa é o sítio onde nasceu. Aí sim, … Continuar a ler REGIÕES IMAGINÁRIAS