Ave eterna

Deixo o chão num voo colorido pelas cores que sinto a cada olhar que não encontro. Eu sei, chove. Nada mudou nesta geometria de tempos por reinventar. De tempos de movimentos hilariantes de chamas numa colmeia de ar que encadeia e arde neste lugar de guitarras ancoradas. Viajo num sorriso que habita em mim como … Continuar a ler Ave eterna