A frase de G.

quando me sentei na relva e me encostei ao tronco de uma árvore era só para sentir a explosão das flores lembrei-me, repentinamente, da frase de G. - 'é impressionante a naturalidade com que a música flui' no degelo, há um som líquido que se acende no interior da terra - digo-te eu

O tempo. Aqui.

O passo cadenciado principia aqui. Os pés a rasar o cimento. Ainda fresco. Como a manhã. Vamos em direcção ao sul onde o sol nos arranca a sombra. Somos só nós e uma luz de espanto a silenciar as árvores. A dilatação das pupilas neutraliza cada respiração. Há quem reaprenda a caminhar e esconda o … Continuar a ler O tempo. Aqui.