FUNDAÇÃO TED

TED E TEDxLisboa

A Organização americana TED,  cujas iniciais significam “Technology, Entertainment, Design”, foi criada em 1984 por Richard Saul Wurman e Harry Marks, sendo hoje propriedade da Sapling Foundation, sem fins lucrativos, com o objetivo de disseminação de ideias novas, ideias que possam ser aproveitadas pelas sociedades mais diversas.

Depois da sua criação em 1984 promoveu a primeira conferência em 1990 com temas que giravam em torno do que se estudava e fazia em Sillicon Valley.  Com o êxito e a popularidade obtidos,  os temas passaram a ser muito mais abrangentes, indo desde a vida comum até às artes, ciência e cultura.  O progresso e notoriedade da instituição fez com que conferencistas importantes dessem  contributos valiosos para essa expansão de ideias: Bill Clinton, Al Gore, Gordon Brown, Bill Gates foram alguns desses nomes.

Os funcionários da Fundação trabalham em Nova Iorque e Vancouver e a divulgação e interesse pelas palestras aumentou exponencialmente. Atualmente os vídeos dessas conferências já foram vistos por cerca de 20 milhões de pessoas em todo o mundo.  Devido a este efeito internacional o TED criou, em 2009, o programa TEDx  destinado a programas locais em todo o mundo e organizados de forma independente. E como é natural apareceu também em Portugal, em 2009.

TEDx_logo_k_RGB_UK

 

Tive oportunidade de assistir, em Lisboa, a algumas dessas conferências,  com o privilégio  das suas organizações serem levadas a cabo por meus familiares muito próximos a quem presto homenagem com este texto de hoje (sem conflito de interesses…).

Relembro alguns dos temas que foram abordados durante essas conferências, com durações, cada um deles, nunca superior a 18 minutos. Uma boa regra. Cito apenas alguns deles e os seus autores, sem regras de valorização nem de cronologia:  “Encontros Imaginários” (Helder Costa);  “Ser mulher Negra em Lisboa” (Carla Fernandes); “Performance Musical” (Caixa de Pandora);  “Revolução no Ensino da Matemática” (Helena Pato);  “Pensar Utopicamente a Educação” (David Rodrigues);  “A revolta do Design” (Henrique Cayatte);  “O Poder Público no Bom Jornalismo” (Jorge Wermans);  “Empreendorismo na Reciclagem” (Joaquim Casado);  “As 600 Razões porque criei o Dhaka Project” (Maria Conceição);  “Um violino no Fado” (Natalia Juskiewicz);  “Encontrar Hoje os Atletas de Amanhã” (Rui Canelas); “As Empresas 2.0: modelos de negócios abertos”.

Por este breve apanhado podemos apreciar a variedade de temas abordados e que, pela assistência que tiveram, parece terem merecido o interesse de muita gente.  Sei bem que não é fácil organizar um evento desta natureza (independently organized TED event) e, por isso, muitas pessoas ( eu próprio neste blog) têm vindo a divulgar as enormes capacidades que estas iniciativas oferecem.

Gostava de saber, em termos sociológicos, o verdadeiro impacte criado por estes temas e, sobretudo, o aproveitamento que deles foi feito. A estatística do número de visualizações  na internet é importante, mas a “digestão” aplicada destes saberes seria de grande importância para a nossa e para as outras sociedades.  Desejo ao TED e ao TEDxLisboa os maiores progressos.

2 pensamentos sobre “FUNDAÇÃO TED

  1. Ainda muito pouco divulgado entre nós, com excepção de certos meios técnico-profissionais. Talvez, ainda mais pelo meio académico, sempre abertos a novidades e à discussão. Um mundo que se estreita, com a divulgação de novas ideias, novos métodos e novas tecnologias.. Pouco ou nada conheço, a não ser do que se tem falado sobre Sillicon Valley. De qualquer forma, penso ser uma porta aberta, para um mundo mais desenvolvido, sobre todos os aspectos. A sua divulgação, como neste caso, é sempre bem vinda, digna de elogios..!

    Liked by 1 person

  2. Já tinha ouvido falar na instituição, mas nunca assisti a nenhuma conferência. Os assuntos versado são sem dúvida de grande interesse e portanto vou estar a tento a futuras organizações.
    Abraço
    FFS

    Liked by 1 person

Deixe um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s