IMPRESSÕES DUMA VIAGEM   1- A PRIMEIRA ESCOLA ROMENA

Na excursão em que participei recentemente com antigos colegas do clube de Pessoal FIMA-LEVER-OLÁ, á Bulgária e Roménia, tive oportunidade de observar locais e situações muito interessante sobre as quais terei prazer em dizer alguma coisa. Começo pelo assunto acima indicado porque o achei realmente de grande importância. Mais do as pinturas e a arquitectura.

A 1ª Escola Romena deve entender-se como a primeira escola edificada no território da actual República Romena para romenos e onde se leccionava em romeno

( Claro que anteriormente tinha havido escolas para os povos que ocuparam partes ou controlaram  a totalidade do território : romanos, bizantinos, otomanos, húngaros, saxões ).

A Escola foi edificada em 1495 em Schei, junto da cidade construída pelos saxões de Brasov, juntamente com a igreja ortodoxa de S. Nicolau (foto 1), e reconstruída em 1730 na forma que se mantem actualmente (foto 3 ) . Foi transformada em museu (placa na foto 2 ), podendo-se visitar-se a Sala de Aulas Anton Pann,, a Sala Diácono Coresi onde foram impressos os primeiros livros em romeno, a Sala do Livro e dos Escritores de Brasov, a Sala do Livro como factor de Unidade Nacional, e o Átrio com vestimentas e artefactos etnográficos.  A Sala do Livro contem cerca de 4000 livros e 30.000 documentos antigos  e a divulgação destes livros escritos em romeno contribuiu para manter a unidade nacional. A língua e o livro são de facto grandes factores de promoção da identidade dum povo

O responsável pelo Museu, que aliás gu

iou a nossa visita, Vasile Oltean,é padre, professor e teólogo romeno, filólogo, museógrafo, membro fundador do Departamento Cultural da Astra de Brasov, de 70 anos de idade e pai de 3 filhos.                                                                                                                     ( Os padres ortodoxos podem casar, mas só os solteiros podem ascender a bispos ou patriarcas ).                                                                                                                                               As sua explicações, traduzidas para português pela nossa guia romena, foram muito vivas e interessantes, principalmente quando leu um livrinho de geografia ( foto 5 ), que era usado para dar lição aos alunos, onde se descreve Portugal como um país de gente acolhedora, dividido em 3 partes , norte, centro e sul e com os rios Minho, etc. e Guadiana. A descrição de Portugal teve origem num livro do escritor Nicole Nicolau que visitou o nosso país no princípio do século XIX e que, dizem os romenos, foi o primeiro a dissertar sobre Napoleão Bonaparte, estando este ainda vivo. Vasiele Ortean fez também a demonstração de como imprimiam livros na impressora primitiva em exposição.

No final da visita, a Direcção do Clube ofereceu ao Director do Museu uma edição antiga da Cartilha Maternal de João de Deus, (fotos 6 e 7 ) . Na foto 6, Ana Dorlan a guia romena está junto do Professor e a Presidente do clube está ao Centro

6 pensamentos sobre “IMPRESSÕES DUMA VIAGEM   1- A PRIMEIRA ESCOLA ROMENA

  1. Excelente comentário que sintetiza de uma forma breve o que de mais importante se passou na nossa visita a esta escola Romena, que Vasile Oltean nos mostrou de uma forma apaixonada e divertida. Foi sem dúvida um dos momentos altos desta viagem.

    Liked by 1 person

Deixe um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s