A NOSSA 4ª CONVERSA /ENTREVISTA – CIRILA BOSSUET

 

 

Cá estamos de novo, no mês de Março, como nos comprometemos, depois de em Fevereiro termos abordado, com o nosso anterior convidado, a vida do Desporto e o Desporto na Vida, em todas as suas dimensões.

Dá-se a feliz coincidência de podermos publicar este texto no “Dia Mundial do Teatro” o que pode ser um bom augúrio para a nossa entrevistada.

Conversámos, desta vez, com uma jovem e talentosa atriz teatral, Cirila Bossuet, que tem dedicado toda a sua ainda curta vida à sua paixão pelo teatro. Filha de pais angolanos, ambos antigos bailarinos do Balet Nacional de Angola, em Luanda, acabou por nascer em Lisboa sem nunca ter tido, até agora, a oportunidade de visitar a terra dos seus pais e familiares.

Ao acompanhar, na adolescência, a sua maior amiga na inscrição para o Curso de Artes de Espetáculo e Interpretação, na Escola Secundária de Santa Maria, em Sintra, decidiu, por solidariedade, pedir também um boletim de inscrição. E tirou o curso, deixando para trás a sua expectativa inicial de seguir Pediatria.  Entusiasmou-se pelas Artes e fez a licenciatura em Teatro – Ramo Atores, na Escola Superior de Teatro e Cinema. A sua amiga desistiu dos cursos mas ela continuou-os, apaixonada pelas artes em que se envolvera e com um otimismo de vida que a levará, decerto, muito longe na sua carreira. A “marca de água” familiar é evidente na sua vida e os pais, naturalmente, revêem-se nela e nos seus progressos. É já longa a lista de participações suas em peças teatrais, televisão e num filme. Mas é do teatro que ela gosta mais e guarda boas recordações das suas intervenções no Teatro D. Maria II e de quem, aí, a conduziu e tanto lhe tem ensinado.

De tudo isto nos falou, durante a nossa conversa/entrevista, com a simplicidade e valentia que a caracterizam, apontando como tem sido marcante na vida a sua “cor de pele”. E, como verão,  no vídeo que se segue, fala-nos disso com naturalidade, com coragem, com a determinação necessária para desfazer as “cumplicidades” a que, por essa razão, tem sido confrontada na vida. Uma jovem atriz de mão cheia.

Feita esta introdução sugiro que vejam, em direto, as suas declarações.

image_F34D4435-EEF2-4058-BBCB-1219F03E02F1.IMG_1412

2 pensamentos sobre “A NOSSA 4ª CONVERSA /ENTREVISTA – CIRILA BOSSUET

  1. Os meus pensamentos, tendo estado um pouco mais afastadosdo que o habitual, levaram-me a um pequeno intervalo, involuntário, de leituras. Outras tarefas, que me levaram o tempo, fugidio, sem âncoras de temporal, que acalmasse a sua passagem. E esta entrevista, despertou-me, particularmente, o interesse e a importância, que estas nossas conversas têm, nestes momentos precisos, de confinamento, onde o ontem, passou a ser igual ao de hoje, com as brutas estatísticas dos noticiários…! E daquela Angola, que tanto me entusiasmou, das duas vezes que por lá andei, além da passagem pelo saudoso Lobito, quando regressei da missão em Goa, surge esta entrevista interessante, de uma jovem apaixonada pelo teatro. E tanto que ela irá representar, com a sua vontade de vencer. E a cor da pele, nada terá que influenciar o percurso da sua vida, quando o que conta, é a força e o talento que demonstrou ter…!

    Liked by 1 person

  2. Ouvi, com muito interesse, a mensagem que esta jovem actriz nos deixou nesta entrevista.
    Conduzida com a boa disposição que caracteriza o entrevistador, revelou-nos uma jovem talentosa, determinada, a quem desejo os maiores êxitos.

    Liked by 1 person

Deixe um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s