A MACEDÓNIA DO NORTE

  Em 1992 tive oportunidade de estar presente numa Assembleia Geral da Associação Europeia  de Ténis (ETA) onde, naturalmente, convivia e trocava muitas opiniões  com os Presidentes das Federações dos outros países europeus. Mantinha com alguns deles, como sucede sempre nestes casos, relações de maior simpatia e proximidade, embora a comunhão de interesses e objetivos … Continuar a ler A MACEDÓNIA DO NORTE

Um Livro esquecido…!

Há poucos dias, ao fazer uma nova arrumação de livros, de uma estante para outra, ocasionalmente, peguei num livro que me despertou um interesse diferente de todos os outros, embora quase todos me recordem, as épocas e momentos em que foram lidos...!  Portugal e o Futuro ...! Como, ao passar as mãos por aquele livro, … Continuar a ler Um Livro esquecido…!

PARTIDOS POLÍTICOS E DEPUTADOS

As linhas que a seguir apresento, foram escritas como modesto amante e defensor da Democracia, indignado com os maus comportamentos de alguns Srs. Deputados, expostos pela comunicação social, que permitem aos cépticos da acção dos políticos e aos inimigos da Democracia dizer “que são todos os mesmos”, “que não vale a apena votar”, que “precisamos … Continuar a ler PARTIDOS POLÍTICOS E DEPUTADOS

A CHATICE DO BREXIT

Com toda a franqueza, já não se aguenta ouvir falar do Brexit. Escrevemos um texto neste blogue, em 9/6/2017, a que demos o título de  "E agora, Theresa?" que parece, lido agora, premunitório. Na verdade, passados todos estes meses, ninguém se entende com nada. A Grã Bretanha lá conseguiu redigir com a União Europeia um … Continuar a ler A CHATICE DO BREXIT

DESERTIFICAÇÕES

  Há já muitos anos que o fenómeno da desertificação do interior do país preocupa os governos e as comunidades de uma forma geral. Temos assistido ao fenómeno social e demográfico de, por um lado, a emigração ter aumentado, por outro, a migração de pessoas saindo no interior terem-se deslocado para as cidades e vilas … Continuar a ler DESERTIFICAÇÕES

O CURIOSO VIKTOR ORBAN

O cronista Édouard Tétreau, numa das suas intervenções no Figaro, explora com algum sentido de humor mas também de convicção política,  o espírito discricionário com que os fenómenos sociais e políticos são  balanceados na Europa e no mundo,  de acordo com as conveniências de quem escreve, de quem lê e de quem se aproveita das … Continuar a ler O CURIOSO VIKTOR ORBAN