Vinho e Mulheres?

Embora toda a gente hoje escreva sobre este tema não deixo de sentir uma vontade irreprimível de também dizer qualquer coisa, nem que seja para consolo próprio.
Todos nós percebemos o que aquela alma quis dizer com aquela falhada e ordinária intervenção. Ele e uns outros que lêem pela mesma cartilha acham que aquilo que foi feito na Europa nos últimos anos é coisa para ser mantida e, se possível, reforçada. A tal austeridade que todos conhecemos bem e que o desgraçado acha que nós não demos por isso. Pelo contrário, pedimos dinheiro emprestado e encharcámo-nos em vinho e promovemos orgias cheias de mulheres.

Sob o ponto de vista da reles blague a que recorreu,  podemos informar o falso mestrando que o vinho português, tinto, branco ou rosé, é do mais apreciado no mundo e, aliás, também pelos holandeses que na sua terra ou quando cá se deslocam o deglutem com enorme fervor jazendo, depois, em miseráveis bebedeiras que acabam, normalmente, nas urgências hospitalares. Mas nós, na nossa terra, somos gentis e tratamo-los bem depois das bebedeiras que eles apanham, sem lhes pedir dinheiro por isso. Não temos também especiais razões de queixa da gente educada com quem temos convivido na Holanda. Mas há que reconhecer que pobres de espírito como este cavalheiro não serão, propriamente, o melhor produto de exportação que aquele país pode encontrar. Ainda por cima para lugares de destaque como o que ele tem ocupado na instituição europeia. Esperamos  que já tenha limpo e desocupado o gabinete.
Por outro lado também lhe poderíamos dizer que as mulheres portuguesas não se confundem com aquelas com que ele, possivelmente, convive nos corredores esconsos do seu país. E dizemos possivelmente porque nesses corredores esconsos também há rapazes simpáticos… Não, as mulheres portuguesas têm muito que lhe ensinar. Para além das doutoradas, que não precisam de falsificar os seus curricula, há as outras que não gostam de se confundir com a brejeirice ordinária do senhor de nome impronunciável.

Sob o ponto de vista mais sério é fundamental percebermos que este senhor é humanamente diferente da corrente política que diz defender, a social democracia. Não, meu caro senhor, a social democracia defende princípios humanistas e de solidariedade política diferentes daqueles que o senhor propaga na sua verborreia. Que felizmente já poucos ouvem. São poucos mas existem. E poderão expor os seus pontos de vista sem recorrer ao abjeto como o senhor recorreu. Se tínhamos dúvidas, deixámos de as ter agora, com este desplante aviltante para si próprio e que, ainda por cima, quando interrogado, voltou a confirmar de forma pesporrenta.

Agradecemos que saia, vá continuar a estudar, para poder ocupar o lugar de grande relevo que, decerto, lhe arranjarão. Há muitos do mesmo jaez que o ajudarão sem pestanejar.
E quando pensar em visitar países do sul da Europa tenha cuidado, peça esclarecimentos ao seu embaixador. E para o seu lugar na U. Europeia poderá ir, com muitas vantagens, como diz hoje a professora e investigadora Raquel Varela, um estivador holandês. O jornalista Ferreira Fernandes também lhe envia hoje, um dos grandes das Caldas (diz o nome por inteiro) para seu consolo. E eu estou de acordo com os dois.

Um pensamento sobre “Vinho e Mulheres?

  1. Penso, que o Sr Dgewjdeirlkfg Ghsjdsidfkllo, ( desculpem-me, se me enganei no nome, mas não há maneira de o decorar ), estava a referir-se às antigas Índias Holandesas, e a recordar as bebedeiras que por lá apanhavam, agarrados às submissas nativas .. Por cá, o que ele poderá encontrar, é aquilo que Ferreira Fernandes lhe recomendou, não vá ele ter necessidade de ajuda, quando visitar a Red Light District de Amsterdam, por sinal, um sítio onde a dignidade feminina anda pelas ruas da amargura…!

    Gostar

Deixe um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s