Um mundo de lixo

Ontem, fiquei impressionado com um documentário que vi na RTP. O assunto passava-se no Brasil, mais propriamente numa lixeira, junto a uma das favelas mais pobres do Rio de Janeiro e creio que ainda numa outra, na cidade de S. Paulo…!

Não vou alongar-me na história contada e vivida pelos próprios interpretes, por sinal, bastante interessante sob o aspecto humano, que descrevia como muita gente vive das lixeiras , fruto de um mundo obscuro, que se afirma moderno.

As montanhas impressionantes de plásticos de toda a ordem, misturados com milhentos outros desperdícios, faziam parte de um mundo surrealista, que jamais tinha passado pela minha imaginação. Montanhas de desperdícios, geradas por cidades com mais de dez milhões de habitantes, num quotidiano que se repete sistemáticamente.   Nessas montanhas, gente sempre curvada, saltitando de um lado para o outro, procuravam  materiais recicláveis, que ainda poderiam ser trocados por uns quantos Reais, como sustento de uma vida sem outros horizontes, que não fossem os mesmos do dia seguinte, sempre iguais aos anteriores.

Impressionado, fiquei a pensar no que se tornará este mundo, dentro de alguns anos, com a lexiviação, o excesso de metano e de todos os ” subprodutos”  de uma civilização que se multiplica por centenas de cidades igualmente consumistas. Recordo-me, não sem um sorriso malicioso, de um casal alemão, meu vizinho em Lisboa , há já muitos anos, o qual tinha por hábito, levar num saco de compras apropriado, uma pequena manteigueira, para encher com manteiga avulso, como se fazia muitas das vezes naquela época. Uma atitude impensável nos tempos que correm, mas que não deixa de ser curiosa a comparação em épocas ainda tão próximas…!

O mundo modernisou-se. A vida para a maioria, tornou-se mais prática, pela necessidade. Os hábitos foram-se mudando numa evolução ciclónica. As preocupações foram-se degradando por motivos vários, talvez pelo facilitismo ou ainda pela incompreensão do mundo actual. O adiamento negligenciado das soluções, com o recurso a novas tecnologias sempre mais caras e duvidosas, poderão ditar o grande desastre ecológico, se não chegar o momento de salvar o ambiente e as águas, já raramente no seu melhor estado de pureza…!

Estaremos a sufocar este mundo em que vivemos ? Até encontrarmos uma solução inteligente, para devolver a tranquilidade e a qualidade de vida aos povos, num mundo moderno e feliz, penso que sim…!

 

 

.

2 pensamentos sobre “Um mundo de lixo

  1. É verdade, a quantidade de lixo que cada um de nós gera é assustadora. Eu que vou às lojas comprar a minha alimentação, admiro-me sempre, negativamente, com a quantidade de materiais plásticos que recolho para reciclagem. E não posso deixar de lembrar os tempos que passei em Luanda, com a família que então tinha, entre duas estadias no mato, em 1964-1965 . A quantidade de oficiais, milicianos e do quadro,presentes em Luanda era muito grande e na messe de oficiais não havia lugar para todos. A maioria dos milicianos alugava apartamentos pela cidade. Aquele que consegui alugar não tinha cozinha e por isso era obrigado a comprar comida feita, Havia muitas pequenas empresas a fornecer refeições para fora e muitos oficiais a comprá-las, de modo que à hora do almoço era claramente visível o espectáculo pouco militar de os Srs. Alferes a circularem na cidade com um terno ( trio de marmitas de alumínio ) , na mão ! Pouco militar, mas muito ecológico !

    Liked by 2 people

    • Já me tinha esquecido dessa forma de transportar comida, tanta vez usada nesses tempos…! Só demonstra que o sistema Take Away, não foi uma invenção do MacDonnalds. Pode ser que essa moda volte com a TapperWare, às cores ou às riscas, para cativar o cliente. É tudo uma questão de markting…!

      Gostar

Deixe um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s