Luar do Sertão

É normal, de ano para ano, acumularmos no sotão ou na garagem da casa, uma infinidade de artigos, que pensamos, poderem vir a ter ainda alguma utilidade. A eles, os artigos festivos de Natal, que procuramos conservar da melhor maneira, a exemplo de outros anos…! Talvez, a razão de sentirmos uma certa nostalgia a prenderem-nos ao fetiche dos velhos sotãos, quando, ao procurarmos algo de interesse imediato, tropeçarmos com outros, que pela força que têm, nos desviam os pensamentos, levando-nos a recordar bons momentos. Pequenas histórias, bem conservadas sob a fina poeira do tempo…! No meio de toda aquela parafernália, um pequeno livro isolado, perdido entre assuntos já sem interesse de maior : Meu Sertão, de Catulo da Paixão Cearense...! Que estaria aquele pequeno tesouro do cancioneiro sertanejo , já de folhas amarelecidas pelo tempo, a fazer, no meio de tanta papelada ?

Sentado no chão, ainda que com pouca luz, por incontáveis minutos, dispus-me a reler algumas estrofes dos versos, tão características do cancioneiro caipira e tão profundamente humano…! Catulo da Paixão Cearence, estava ali, bem representado, com as suas modinhas, numa linguagem verdadeiramente rústica do sertão brasileiro..!

Passa o vento do Outono / Uma prece a gemer!… / Assim como ides, fôlhas, / Irão os sonhos meus… / Sois a imagem da vida, / Pobres folhas, adeus…!

Já, à distância de cem anos, as suas modinhas voltaram a público pelas vozes de Luis Gonzaga e Maria Betânea, perpetuando uma poesia simples, como é todo o seu povo sertanejo, em Luar do Sertão :

Não há, ó gente, ó não / Luar como esse do Sertão / Não há ó gente, ó não, / Luar como esse do Sertão. / Ó que saudade da minha terra, / Branquejando folha sêca pelo chão. / Este luar cá da cidade tão escuro, / Não tem aquela saudade do luar do Sertão… !

Finda a escolha dos artigos que procurava, recolhi aquele pequeno livro, colocando-o entre os melhores que guardo na estante, dando reinício ao meu trabalho dos enfeites de Natal que se aproximava célere…!

Deixe um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s