TELETRABALHO 3

 

Mais um dia de confinamento e, portanto, com excelentes oportunidades para ver, com mais atenção, alguns dos escritos que por aí pululam.

Dediquei-me um pouco às estatísticas sociais e retirei alguns pontos curiosos que podem interessar a todos nós:

1  – Segundo as estatísticas é muito provável que no final do ano a população portuguesa aumente cerca de 2%, descontando, naturalmente, os que, infelizmente, partirão.

2  –  Os crimes e assaltos de rua também deverão diminuir. Receia-se, no entanto, o aumento da violência doméstica.

3  –  A procura de cães vai aumentar exponencialmente. Passeá-los e obrigá-los a fazer chi-chi vai ser o desporto favorito dos passeantes atletas. Receia-se, no entanto, que o cães entrem em crises renais por não conseguirem satisfazer as exigências dos donos. Aconselha-se vivamente que se tenha em casa dois ou três cães, o que confere uma excelente flexibilidade aos tais passeios autorizados. Parece já haver gente que aluga cães a alguns Euros por hora.

4  –  A procura de papel higiénico parece ir diminuir,  por já não haver espaço nas casas para mais armazenamento. Algumas Universidades nacionais e internacionais já estão, em rede, a estudar este curioso fenómeno de procura. Os americanos querem ser os primeiros a patentear este estudo. Talvez pelo excesso de “hamburguers”…

5  –  Os bancos, embora estejam abertos, ficam proibidos de ludibriar os seus clientes. À semelhança do que os holandeses fizeram durante a crise financeira de 2008, parece estar em equação a possibilidade de banqueiros  e gerentes de contas prestarem um juramento de profissão, pelo qual se obrigam a não lesar clientes e acionistas, por ação ou omissão. Tipo juramento de Hipocrates dos médicos… O problema parece ser o  dos banqueiros que já não estão em atividade e que, segundo se diz, têm muitas contas a prestar.

6  –  Parece haver muita gente a consultar de novo os livros da instrução primária. Isso trará a grande vantagem de se evitarem comentários televisivos de ouvintes, como já ocorreu, lamentando que Portugal só tenha fechado as fronteiras com um país,  enquanto que a Alemanha as fechou com cinco. Realmente…

7  –  Parece ir haver um grande surto de procura de alfarrabistas, na tentativa de muita gente vender livros velhos da sua juventude, que agora releram e acharam dispensáveis. Parece não haver capacidade financeira dos alfarrabistas para tanta compra o que poderá conduzir ao encerramento prematuro de muitas dessas vetustas lojas.

8  –  Não haverá racionamento de produtos alimentares, principalmente de vinho tinto. Este produto está classificado como estimulante fundamental para estes períodos  de confinamento.

9  –  As empresas de meios (NOS, VODAFONE e MEO) estão a oferecer mais 10 Gigas, durante um mês, para que as pessoas possam baixar “sites” de ginástica e trabalharem em casa. O problema das piscinas está a ser mais complexo mas julga-se que poderão haver banheiras adaptáveis.

Evidentemente que este post tem uma faceta humorística. Não se pretende ocultar a gravidade da situação que vivemos mas um pouco de humor, por vezes, ajuda a ultrapassar a solidão. Mas não nos esquecemos de quem já está a passar dificuldades. Voltaremos aos temas sérios para que não se oculte o que não deve ser ocultado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s