SOBRE UM EVENTUAL REGRESSO DO SR. PASSOS COELHO À POLÍTICA

O 1º Ministro do tempo da Troika, Sr. Passos Coelho, emitiu recentemente  opiniões sobre alguns temas da actual situação política e económica, o que foi motivo de alegria para alguns comentadores dos meios de comunicação social imaginando o seu possível regresso à actividade política.

Penso que a sua acção como Chefe do Governo não deixou saudades à maioria dos Portugueses (ganhou as eleições seguintes mas apenas com maioria relativa o que, felizmente, deu aso a que se formasse um governo com outra orientação) e trouxe desconforto ( para usar um eufemismo) económico a grande parte da população, nomeadamente a mais necessitada. É o que conclui um estudo dos académicos do ISEG, Carlos Farinha Rodrigues, Rita Felgueiras e Vítor Junqueira, com título e subtítulo de “DESIGUALDADE DE RENDIMENTOS E POBREZA EM PORTUGAL – As consequências sociais do programa de ajustamento”, publicado pela Fundação Francisco Manuel dos Santos em Setembro de 2016, ao afirmar o seguinte (página 153):

…………………………………Na verdade, no período 2009-2014, enquanto o rendimento dos mais ricos registou um decréscimo real de cerca de 13%, os rendimentos dos decis intermédios (3 a 7) desceram entre 10 e 12%. Já o rendimento dos 10% mais pobres diminuiu nada menos de 25%.

……………………………………………………………………………………………..

A forte contracção dos rendimentos dos indivíduos mais pobres, gerada pela conjugação da crise económica, do desemprego e do forte recuo das transferências sociais é a verdadeira imagem de marca das políticas de ajustamento seguidas.

Dito por outras palavras: quem menos podia foi quem mais pagou!

É óbvio que o programa de ajustamento ditado pela troika obrigava a cortes nos rendimentos das pessoas, mas não obrigava a que os mais pobres aguentassem o fardo mais pesado. Proceder como o Governo Passos Coelho + Paulo Portas procedeu significou uma grande insensibilidade social e uma grande indiferença pela sorte dos que mais precisavam.

Quem são as pessoas capazes de desejar o regresso à política de alguém capaz de governar daquela maneira?

Lisboa, 29 de Dezembro de 2020

Um pensamento sobre “SOBRE UM EVENTUAL REGRESSO DO SR. PASSOS COELHO À POLÍTICA

Deixe um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s