Dia Nacional da Austrália

Comemora-se a 26 de Janeiro o Dia Nacional da Austrália. Não tem sido até agora um tema completamente indiscutível. A população aborígene australiana continua a ser um assunto de extrema delicadeza para a nação. Quando, em 1788, os primeiros navios britânicos começaram a transportar para a Austrália os primeiros colonos daquela sua possessão, a maior parte deles prisioneiros e punidos pela lei, encontraram uma população nativa pouco disposta a aceitar e conviver com gente invasora que humanamente nada lhes dizia. E assim tem sido ao longo dos séculos. O império britânico praticou o racismo e tentou, ao longo dos anos, a eliminação dos nativos. A existência de habitação humana na Austrália teve o seu início há mais de 40.000 anos, segundo os investigadores, e terá ocorrido com as primeira migrações com origem em África. Na altura da chegada dos primeiros britânicos haveria na Austrália cerca de 300 mil aborígenes divididos em mais de 500 grupos étnicos e foi toda essa gente que os novos colonizadores foram tentando eliminar ao longo dos tempos. Nos anos de 1900, já após a independência da Inglaterra, a perseguição aos “mestiços” continuava. A embriaguez era o método mais utilizado pelos britânicos para essa progressiva eliminação. Sendo ainda a taxa de desemprego dos aborígenes cerca de 5 vezes superior à dos brancos origina que a taxa de mortalidade infantil seja o dobro da da restante população. A sua esperança de vida é cerca de 18 anos inferior à dos brancos e, geneticamente, a sua inter-condição de sobrevivência é mais fraca. Para prolongar e reforçar a sua existência os nativos terão que se cruzar com população branca, o que não é facilmente aceite por ambas as partes. Esse foi, aliás, um dos ardis utilizados pelos colonizadores para os levar, progressivamente, à extinção.

Os governos têm tido, nas últimas décadas, um cuidado maior com essa população. Os progressos da comunicação e a visibilidade desses comportamentos obriga-os a isso. Assisti, pessoalmente, no ano 2000, quando da realização dos Jogos Olímpicos de Sydney em que estive presente, a áreas enormes da cidade reservadas à instalação temporária de todas as associações aborígenes que quisessem estar na cidade, com custos suportados pelo Estado. A sua cultura, a sua arte, as suas religiões, as suas músicas foram profusamente expostas durante todo esse ano nos centros culturais da cidade. O que para uma nação aborígene que dispõe da sua própria bandeira e dos seus próprios representantes legais não deixa de ser insuficiente e humilhante.

Daqui a razão pela qual o Dia Nacional da Austrália, comemorado a 26 de Janeiro, por nesse dia de 1788 terem chegado os primeiros colonos britânicos, é permanente contestado pela população aborígene. Sempre com grandes manifestações de protesto em todas as cidades, durante as quais chamam a esse dia o “Dia da Invasão”. Há anos que existem movimentos e propostas oficiais para que o Dia Nacional da Austrália seja alterado. E, com base em sondagens recentes, cerca de 60% dos inquiridos respondem afirmativamente.

É realmente preciso um consenso para que o país possa festejar, em paz e unanimidade, o seu Dia Nacional.

2 pensamentos sobre “Dia Nacional da Austrália

  1. A história do homem, é bem pródiga em episódios de racismo, perdendo-se pelos tempos, Resultado de guerras tribais, resultando a escravidão dos povos capturados. Ódios e guerras, geralmente motivadas pelos interesses do pastoreio ou culturas de subsistência. Invasões, pela cobiça da riqueza, os mananciais de água, ou pela simples posse de poços, como em muitas zonas desérticas do norte de África e Médio Oriente, onde era proibido o uso por outros povos considerados inferiores, não esquecendo as eternas castas da Índia. O desinteresse por uma mão de obra pouco rentável, como os índios do Brasil, inadaptados a trabalhos, pela sua índole, à semelhança da exploração colonial, do caso australiano e o povo aborígene….!

    Liked by 1 person

Deixe um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s