Au Printemps

Hoje, acordei com uma canção no meu ouvido, que me anunciava qualquer coisa de diferente. Talvez por ser sábado e um dia a prometer ser ensolarado, de uma Primavera antecipada, que atrevidamente entrava pela janela, iluminando-me um pouco a alma, já tão cansada de políticas tão distanciadas dos nossos sonhos…!

Acompanhando em surdina, aquela pequena valsa, como cantava Jacques Brel, na sua voz rouca e de um francês bem acentuado :

Au printemps, au printemps
Et mon coeur et ton coeur
Sont repeints au vin blanc
Au printemps, au printemps
Les amants vont prier
Notre Dame du bon temps
Pour une fleur un sourire, un serment
Pour l´ombre d´un regard de riant… !

E o dia aclarou-se ainda mais, sob o Sol a despegar-se das brumas da manhã ainda fria, convidando-nos a sair de casa e dar uma pequeno passeio a pé, ou sentar-me numa esplanada, a ler qualquer coisa que não me perturbasse mais o espírito…!

Optei por um pequeno passeio pelo campo, fotografando as amendoeiras que em tempos plantei, sempre as primeira a florir todos os anos, anunciando a primavera que não tarda a chegar…!

E assim registei este dia lindíssimo, que há muito desejava. ..

4 pensamentos sobre “Au Printemps

Deixe uma Resposta para Maria Afonso Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s