A LINGUAGEM MODERNA

Com a mudança decorrente do novo acordo ortográfico temos vindo a ser confrontados com grupos de adeptos, favoráveis à mudança, e outros que não se conformam e que continuam a escrever ao abrigo do antigo acordo. Têm o cuidado de o dizer no final dos seus textos. Eu  (pecador me confesso...) não gosto do novo … Continuar a ler A LINGUAGEM MODERNA

A INSUSTENTÁVEL LEVEZA DO SER

Muitos das nossas gerações leram Milan Kundera e teceram-lhe louvores pela profundidade dos seus escritos e pela sua coragem de vida enfrentando os, à data, "comandantes" do seu país. Por tudo o que pensava e escrevia Kundera teve que se exilar, há mais de 40 anos, tendo-lhe sido retirada a cidadania checa (checoeslovaca ainda nessa … Continuar a ler A INSUSTENTÁVEL LEVEZA DO SER

Com o tempo…

Com o tempo, aprendemos que tudo é para sempre na medida em que o passado, o presente e qualquer que seja o futuro, fará sempre parte das nossas vidas... Com o tempo, apercebemo-nos que o que foi, nunca mais será e que o que será, poderá ser uma nova forma de felicidade... Com o tempo, … Continuar a ler Com o tempo…

O Elogio da Loucura

Por razões que relato mais adiante fui levado a rever alguns elementos da obra de Erasmo de Roterdão, "O Elogio da Loucura", para melhor recordar a obra e o autor de que me encontrava ausente, depois de tantos anos sem o consultar.  Como se lembrarão Erasmo de Roterdão (de seu nome completo em latim Desiderius … Continuar a ler O Elogio da Loucura